Dica - 5 Filmes Subestimados (por Hpcharles)

Ok, estas indicações não inferem a nada espetacular, impressionante, ou que vá, de algum jeito, mudar a sua vida. Simplesmente correspondem a filmes para ver tomando Coca-Cola e comendo pizza, como tantos outros. Um senão, porém. Para mim são bem melhores do que a média que encontramos à granel, por aí. 

Sei lá, só sei que sempre os revejo. Fiz questão de comprá-los em Blu-ray, porque não é raro que me pegue pensando, meio que "out of the blue", em assistir novamente os "caras".

É evidente que existe uma relação totalmente pessoal aí, mas isso não desmerece, de forma alguma, que os filmes são divertidos, cada qual à sua maneira. 

Então, lá vai!

1 - 30 Days Of Night


Gostei do filme logo de cara. Estória de vampiro, com vampiros de verdade. Impiedosos. Os sugadores de sangue que invadiram Barrow, no Alasca, são bad mothefuckers, isso sim. A ideia do frio absurdo, do sol que não vai chegar, da cidade isolada, repleta de mortos-vivos, me cativou. 

Gostei do fato dos vampiros em questão, falarem sua própria língua e terem características distintas de quaisquer outros que se viu por aí. Claro que o filme foi baseado nos quadrinhos de Steve Niles, ilustrados por Ben Templesmith, mas me refiro à película em si, pois curti a adaptação. Vale uma olhadela, sem dúvida. Vejam à noite, por favor.


2 - Paper Man


O filme cuida da singela relação de amizade entre um neurótico e desajustado escritor (Jeff Daniels), com uma adolescente problemática, vivida pela gracinha, Emma Stone. O filme é delicado e cativante. Aborda questões como solidão, perda e relações afetivas, mas sobretudo versa sobre redenção e reencontros. 

Nota para a atuação do Kieran Culkin. Por falar em "subestimação", pour moi, ele sempre foi bem melhor do que o Macaulay (MJ discorda), mas nunca obteve a fama que o irmão conseguiu. Paper Man é um daqueles filmes que quando você termina de ver, te deixam com uma sensação de leveza e conforto, mesmo não se sabendo exatamente porque. Confiram!


3 - Eurotrip



Tá, já vi essa bagaça trocentas vezes e provavelmente verei mais trocentas. "Mi scusi, mi scusi!". O filme narra a viagem de um grupo de jovens em uma alucinada viagem à Europa, em busca da namorada virtual de um deles. Nesse caminho, passam por diversos países no velho continente, mexendo com suas diferentes características e idiossincrasias de suas populações. Em Eurotrip, a cultura dos locais visitados é sempre ridicularizada, ao ser apresentada de forma caricata e hiperbólica. As situações a que se submetem os protagonistas, são inevitalvelmente inusitadas e bem humoradas. Nada muito original, mas me faz rir sempre que revejo. De fato, não me recordo de ninguém que tenha me dito que não gostou dessa divertida comédia. 

Atenção para a participação do Matt Damon, de cabelo raspado e cantando uma musiquinha que ficará em suas cabeças, para todo o sempre. Cuidado quando estiverem em um trem e um túnel se aproximar. De resto é conhecer a Europa com a turma louca de Eurotrip e com um sorriso nos lábios. Have fun!

4 - Disturbia



Filme de adolescente, tipo sessão da tarde, mas muuuuuito legal. No caso de Disturbia, talvez não possa dizer que foi subestimado propriamente, porque alcançou uma bilheteria muito acima do esperado. Nem sei porque não fizeram uma sequência ou algo parecido, juntando novamente os personagens. Hollywood é pródiga em fazer essa palhaçadinha.

Mas o filme trata de um adolescente que fica em prisão domiciliar, restrito por tornozeleira eletrônica. Sem poder sair de casa e sem nada melhor para fazer, passa a cuidar da vida dos outros. No caso, seu vizinho psicopata. A tensão é bem construída, vez que, ao espectador, é passada a mesma sensação de limitação dada ao ator principal, vivido pelo Shia LaBeouf. As informações nos são contadas, muitas vezes, por binóculos ou conversas de celular, por quem realmente pode sair de casa para investigar o tal vizinho assassino, que, cada vez mais, se aproxima da família do protagonista. Garantia de sustos e suspense. Humildemente, acho que é um filme bem acima do que se faz por aí, no gênero. Após ver o filme, talvez pensem em comprar um bom binóculo. Eu pensei.


5 - Pandorum



Puta filme de ficção científica. A estória é complexa, concatenada e bem escrita. Já vi vários blogs e fóruns gringos comentando que adoram Pandorum, mas por aqui não se falou muito da "parada". Apesar de não suportar o Dennis Quaid, acho essa película absolutamente underrated. Vira e mexe me pego com vontade de rever.

Como não quero dar spoiler, vou apenas informar que o plot é uma gigantesca nave à caminho de Tamis,  único planeta com capacidade para abrigar vida, que fora encontrado pela população de uma Terra devastada e com seus recursos naturais esgotados. A viagem tinha previsão de durar mais de 100 anos e ser apenas de ida. Ocorre que, no meio da viagem "shit happens", ou melhor...Pandorum happens. Não direi mais do que isso. Vejam, porque é tenso. Meio que "Kung Fu meets The Descent em uma porra de uma nave amaldiçoada."



Bom, é isso por hoje. See ya when I see ya...


Julho: mês de férias - mas espere! Não ligue ainda!...

E aí todo mundo saindo de férias, provas (quase todas) devidamente corrigidas, notas (quase todas) devidamente entregues, e aí você pensa: "Férias?"
e a resposta é: "Curso de Férias!" ;))
portanto folga, de verdade, só após dia 19/07....

Seja bem vindo, mês de Julho, que eu tenho certeza que é 2012 disfarçado, porque ainda estou com a impressão de que este ano ainda não acabou...

;)
<< >>