Livro do dia #3: The Fault in Our Stars (John Green, 2012)









Sensível, triste e divertido ao mesmo tempo.

John escreve mais um livro YA contemporâneo (ou seja, sem elementos sobrenaturais, sem dragões, feiticeiras e deuses do Olimpo. Enfim, um livro passado em nossa época com personagens “de carne e osso”) de qualidade.

Pra quem acompanhou o processo de criação deste livro pelo canal no youtube dos Vlogbrothers o livro deixou pouco (só um pouco) a desejar, mas ainda assim, é um livro muito bom dentro de seu gênero.

Personagens bem construídos, protagonistas nerds (como todos os protagonistas do John Green) e inteligentes acima da média sofrem juntos e ajudam uns aos outros a conviver com aquela doença que nós nunca esperamos que alguém próximo venha a ter: o câncer.

Pra quem quer fugir um pouco (só um pouco) dos “romances de capa rosa”( como diz a MariGastal ;), ou das aventuras cheias de cenas que lembram video-games, ou pra quem quiser dar um tempo com os vampiros e lobisomens, botem o pé no chão e experimentem este aqui – vai que você goste...


OBS: Como disse neste vídeo aqui, tenho um problema com o título deste livro na edição brasileira que será devidamente comentado em vídeo futuro e, não, em momento algum me referi a tradução do mesmo.  ;)

34 comentários:

  1. Nossa que edição linda!! Adorei esse livro. Chorei horrores no final! Esse livro me fez refletir bastante.


    leiturasdosanjos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom, não é o melhor livro YA que já li (nem o melhor do JG), mas, agora que li, entendo o que vocês viram nele ;)

      Excluir
  2. Este post me fez lembrar de um livro que eu li, se não me falha a memória, na sétima ou oitava série que se chama: "Os guerreiros do tempo" que fala sobre AIDS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, tem vários livros com essa temática "páre de reclamar da vida - você poderia estar em situação pior", por aí ;) mas este é um bom livro YA, sim ;)

      Excluir
  3. Oi Tati! Eu já li, só que em português. Tenho a mesma opinião que vc! Porém fiquei curiosa quando vc disse que iria falar sobre a tradução do título em português. Conta ai! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi alessandra! olha só, eu não disse em nenhum momento que falaria sobrea TRADUÇAO do título naquele vídeo - veja-o novamente, ok? um abraço! ;)

      Excluir
  4. Eu li esse livro ano passado e amei de verdade. Minha mãe estava fazendo quimioterapia na época então, pra mim, a leitura teve toooooooodo um sentindo a mais.

    Espero que a Intrínseca edite mais coisas do John Green.

    Take care!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, cami, esse livro vai ter uma conotação diferente pra cada um - pra você, imagino que tenha sido bom ler uma estória de alguém com um problema semelhante ao que vocês estavam passando - acho muito válido...
      espero que sua mãe esteja bem ;)

      Excluir
    2. sim, ela está ótima. tá curada :)

      Excluir
  5. Eu não gosto muito de romances e tal, mas ate que eu curti ler este livro também, claro não achei as mil maravilhas mais enfim da para o gasto né hehe eu tinha que me desligar um pouco das jornadas do Tolkien, da politicagem do George R.R. Martin, e das distopias de George Orwel.
    E Tati muito obrigado por me apresentar a Charles Dickens estou me apaixonando pelas obras dele :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, douglas, nao é o livro mais incrível da face da terra, mas é um livro bom e com temática diferente do que se vê por aí... ;)

      Excluir
  6. Olá, Tati!

    Já faz um tempo que só vejo resenhas positivas sobre esse livro. Talvez pela inovação no tema que ,pelo visto, é tratado de forma bem peculiar.

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://wordinmybag.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samantha, não é o melhor livro do mundo, não - nem mesmo dentro de sua categoria, YA - mas é um livro bom e pode ser importante pra muita gente devido ao tema delicado tratado de forma sensível...
      eu diria a você que vale a pena dar aquela folheada na livraria ;)
      bjo

      Excluir
  7. Não sei se é por que a minha própria vida não está lá essas coisas em âmbitos onde eu gostaria que estivessem melhores, mas não fui profundamente tocado por esse livro assim como a maioria massante dos amigos que leram. Por eu estar com problema vi os personagens mais como iguais do que como heróis de uma resistência gigante a uma doença como o câncer. Ele pode ser choroso? Pode. É triste? De fato o é. Porém não achei o grande livro de 2012 assim como alguns blogueiros-literários plantaram. Pra quem de fato lê e gosta de avaliar todo o seu histórico de leitura no ano o livro pode até estar no top 10, mas de longe não é o melhor. Talvez, e isso é uma percepção totalmente minha, o ponto maior desse livro é que o John Green demarcou o principal "tema" do livro, esse fato de os personagens terem câncer ou morrerem por causa dele, como algo que acontece, hoje em dia, como algo normal. Mortes acontecem, histórias como essa acontecem e existem, mas a vida continua e o máximo que a gente pode fazer é vivê-la. E aproveitar enquanto a temos. Gostei principalmente de ele não ter feito o blábláblá religioso e tal. Não é um livro que se diga "óóóó que livro", mas vale a leitura. Por mais que não tenha sido o melhor livro de 2012, dos que li, eu gostei bastante dele, e me fez dar algumas boas risadas.

    Abraços! :)

    ResponderExcluir
  8. Tô lendo no kobo e tô gostando...

    ResponderExcluir
  9. Tati eu me lembro q no video vc disse q se recusava a pronunciar o titulo em portugues . pq?

    ResponderExcluir
  10. Também me lembro, de no video, você dizer que se recusava a falar o título em portugues, e caralho você lê rapidão, oaihaoaihoai :D

    ResponderExcluir
  11. Rs, tá certo, gente, mas em nenhum momento disse que o problema seria a tradução. Relaxem ;)

    ResponderExcluir
  12. Eu terminei o livro às 2h da madrugada e fiquei abraçada com ele e chorando. Veja bem minha maturidade. hahahaha!

    Bjs, Tati linda! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas né, compreendo - eu fiz isso com a biografia do Dickens (sou muito mais madura do que você, nhóhóhó...rs). bjo

      Excluir
  13. Assim como a Vitória Scritori também terminei o livro na madrugada chorando, mas depois de ler A vida em tons de cinza, percebi que há muito mais choros dentro de livros por aí me esperando... Adoro ser tocada pela leitura seja de que maneira for(ou melhor, tem algumas emoções que prefiro não rsrs...). bjo

    ResponderExcluir
  14. Eu sou a Jana Tomásia, não sei como nem de onde surgiu esse perfil JT .
    Acho que lembrará de mim pelo nome, ou ao menos é mais fácil...
    Estou esperançosa pelo livro Deus um Delírio e to quase comprando de ansiedade rsrsrs

    ResponderExcluir
  15. Ahhh...vou ter que esperar o vídeo para saber sobre o título em Português! rs...

    ResponderExcluir
  16. Oi eu vi alguns de seus videos no Youtube,são ótimos.....
    Amei o sobre "As Crônicas de Nárnia" eu li um pouco e depois parei,agora vou voltar a ler esse livro...
    :D

    ResponderExcluir
  17. Hm, acho que vou comprá-lo mais adiante, agora vou dar ênfase ao The HOBBIT e As Crônicas de Nárnia. :/

    Ah esperando pacientemente pelo vídeo do Hobbit viu Tati, haha!

    ResponderExcluir
  18. Li este livro no ano passado, concordo com o seu comentário que a impressão varia de pessoa para pessoa. Eu infelizmente passei por essa experiência no núcleo familiar muito próximo, perdi minha amada Irmã, entendi muitos dos sentimentos, então achei bem real.

    ResponderExcluir
  19. Adora as suas resenhas e sempre que vejo um vídeo novo logo vou atrás para ler.
    Continue sempre. ADORO

    ResponderExcluir
  20. Gostei desse livro, dentro da idade adolescente até que eu gostei 4 estrelas!!
    Bjk e
    boa leitura!!

    ResponderExcluir
  21. Oi Tati!
    Lí o livro no final do ano passado e...
    Bom, não achei lá essas coisas... apesar de já ter passado por experiências parecidas na minha vida, achei a história nada original, uma vez que já li um livro bem parecido na adolescência. Não recordo o nome, mas acho que era da Ediouro. É um livro bom mas não me tocou não. Aquela velha história, gostei mas não amei... mas é uma livro que recomendaria sim, dependendo da pessoa. Bjo prá vc, Tati querida <3!!! ISA - LidoLendo.

    ResponderExcluir
  22. Tati, o Looking for Alaska tu achas muito difícil para se ler em inglês? Estou começando agora a pegar uns livros para ler em inglês e me interessei bastante por esse, o que tu me diz?

    Adoro teu canal!!

    ResponderExcluir
  23. Oi Tati, boa tarde.
    Gostei de ter lido a sua resenha e saber da sua opinião, faz um tempo q eu queria ler este livro, mas não sabia se era bom ou não, sempre fiquei na dúvida. Agora q já sei o que vc achou (...) haha, e como vc tem bom gosto, vou colocar na minha "listinha".

    Beijos! (:

    http://meudinotavio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Tati!
    Te descobri hoje no Youtube e adorei seus vídeos, e o blog também!
    Então vim te parabenizar pelo excelente trabalho!

    Sobre esse livro, comecei a ler esses dias e por mais fofo que seja o romance entre os dois, achei meio depressivo e parei de ler!
    Não estou numa fase muito boa pra ler livros assim, haha!

    Por isso comecei a ler Guia do Mochileiro das Galáxias (bem tardio, eu sei) mas estou amando e fico rindo sozinha em casa! Haha!

    Enfim, parabéns pelo blog e pretendo voltar sempre! ;)

    Beijokas!
    http://www.desejosdebeleza.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Tati!
    Te conheci vendo um vídeo de uma resenha sua no Youtube e adorei, então vim parar aqui e adorei também!
    Vim aqui para te parabenizar pelo excelente trabalho!

    Sobre esse livro, comecei a ler e por mais lindo que seja o romance entre os dois, achei meio depressivo e parei.
    Não estou numa fase boa para ler livros assim, haha!

    Por isso comecei a ler Guia do Mochileiro das Galáxias (bem tardio da minha parte, rsrs), mas tô adorando!

    Parabéns pelo seu trabalho e voltarei sempre aqui!
    Beijokas!

    Manu Alves
    http://www.desejosdebeleza.com

    (enviei um comentário antes e não sei se foi. Se for duplicado, favor desconsiderar) ;)

    ResponderExcluir
  26. OI Tati!!
    Estou apaixonada pelo seu BLOG, e seus vídeos no You Tube, você me faz gastar e ate extrapolar meus orçamento,kkkk em aquisição de livros.. Falando serio eu estava, em uma situação critica com relação a min a minha vida, estava com estresse de tanto ler livros e artigos acadêmicos. Estava pesquisando sobre o filme Fahrenheit 451, e encontrei o seu canal.. Desde de então me tornei sua fã... Além do mais , se não o mais relevante, comecei ou melhor retornei a ler, livros literários, e sinceramente estou bem melhor, meu humor melhorou, e estou com a cabeça bem mais leve.. Obrigada!!

    ResponderExcluir

<< >>