hello, Ben

na primeira temporada, Hurley era o meu preferido.


na segunda, Sawyer e seus apelidos engraçadinhos pras pessoas todas.



na terceira, Charlie, o hobbit.


na quarta, Desmond (continua bem no ranking, só anda meio sumido nos episódios novos...)
(e a história dele e da Penny ainda é a mais fofa)



nessa quinta temporada meu preferido é o Ben.



Não estou entendendo lhufas (as usual...), ainda não saquei se ele é o mocinho ou o malvadão da história toda.

cena: no avião, de volta à ilha, situação de extremo estresse, todos tensos, Ben lê seu jornalzinho tranquilão.
Jack (indignado): como é que você consegue ler?
Ben: minha mãe me ensinou.

it cracks me every time,rs...

mas o meu preferido de todos os tempos ainda é o Sawyer de óculos lendo Lancelot enquanto todo mundo se descabela pela ilha:

uma semana sem doce.

a começar por hoje, 14 de abril às 19hs.

sabe o que é a pessoa sentar na cama pra ver Grey's Anatomy e comer, numa tacada só, meio ovo de páscoa sonho de valsa?

assim não dá.

jantei e fui pisar na balança digital com uma casa depois da vírgula: 66.6.

GORDA

portanto ficarei até quarta que vem, 19hs sem comer chocolates, bolos, sobremesas...

(vou dar prejuízo na doceria brigadeiro essa semana...
foi mal, pessoal.

alguém???

alô?
alguém aí entendeu a história da mosca que voa ao contrário?

alguém???




porque já li duas vezes e...
tá.

(qual é a sequencia do Crepúsculo, mesmo?...)

quando eu crescer, quero fazer 44 como Monica Belucci...

...visto que aos 27 só consegui esbarrar na Hope Davis...

já falei que não consigo levar Nicolas Cage a sério?

não dá, minha gente, NÃO DÁ, compreenda.


(porque às 5 e meia da manhã, a única forma de entretenimento do proletariado é a tevê do metrô. e a cada 5 minutos passa a propaganda do super lançamento nos cinemas do filme novo do NC, coisa assim, apocalíptica, global warming is killing us!, ou algo do tipo...)

mas não há meios de se comprar Nicolas Cage

tudo culpa dos irmãos Coen, e seu me-mato-de-tanto-rir-toda-santa-vez-que-vejo Arizona nunca mais . tsc.

bem que tentei, NC, bem que tentei.

ajudaria bem se tu parasse de fazer filme ruim. tsc,tsc...

Jesus was a crossmaker.

musiquinha de páscoa.

pra dar aquela animada.


(afinal qual é a dessa música? tipo, "tudo bem ir pra guerra matar todo mundo, porque afinal de contas, até Djisãs fabricava cruzes?"...hm...)

vendo o jornal na hora do almoço...

série de reportagens sobre os rios de São Paulo.

o câmera man filma o córrego enquanto a moça jornalista fala sobre os moradores sem-noção que jogam de um tudo naquele córrego.

enquanto o camera homem filme, uma moradora sem-noção joga um balde (veja bem um balde, amiguinhos...) de tinta no córrego.

moça jornalista: minha senhora, não se deve jogar tinta no córrego!
moradora sem-noção: ah, mas não era tinta-tinta - tava misturada com água...
moça jornalista: mesmo assim, tá puluindo o córrego, depois isso vai pro rio, etc,etc,blábláblébli (como se...)
moradora sem-noção: (sorridente, feliz da vida por estar aparecendo na grobo) - ah, mas não tem problema não, aqui não tem pêxe ;)


faz o quê com uma pessoa dessas?

previously on If you're feeling Sinister...

- trabalhei feito um cão;
- reclamei que não tinha recebido ainda meu vale transporte;
- meu bilhete único eterno morreu;
- fui ao posto da SPTrans, peguei fila quilométrica-interminável-purgatório bem no incrível terminal Jabaquara (a gente sabe que é pobre de verdade quando tem que passar pelo terminal Jabaquara de vez em quando...) pra pegar novo bilhete único;
- o vale transporte ainda não chegou - mas em compensação, chegou meu crachá! agora eu existo no meu local de trabalho;
- cancelei meu plano de saúde;
- encontrei caroço no seio - pânico nas ruas de Londres
- descancelei meu plano de saúde pra poder ir ao médico ( acarteirinha do plano de saúde da empresa não, não tinha chegado ainda...)
- pronto atendimento de merda, como sempre - clínico geral examina e diz o óbvio - tem que marcar consulta com a ginecologista. dã. oh, como não pensei nisso antes???
- marquei a consulta com a médica de sempre.
- no dia seguinte, chega o cartãozinho do plano de saúde novo.
- quero muito morrer de catapora.
- cancelo novamente meu plano de saúde.
- o caroço some. aparentemente, vou viver.
- trabalho muito. de verdade. faço tudo o que me pedem. tudo o que me dizem que vai ser uma boa , se eu fizer. estou me esforçando. sério. sérião.
- e pra quê? pra aluno-pré-adolescente-habitante-da-zona-oeste-que-ache-que-ser-mano-maloqueiro-é-que-é-legal-e-não-tem-o-mínimo-respeito-pela-minha-pessoa pushed me to my limits, rasgo o verbo com a mini-pessoa e... tcha-rããããm... estou na iminência de perder o emprego...
- fala se não é sensacional a vida da pessoa que acorda as 4 da manhã e work my ass off pra ter que passar por essas...
- em compensação, estou morrendo de tanto comer chocolate que ganhei das crianças de bem.
- Always look at the bright side of life... * assovia*

oi?

lembra de mim?
<< >>