A morte de Artur - parte 1


Parte 1, porque até agora quem morreu foi o Artur das Brumas...
e, diga-se, estou de luto.
que livro fantástico.
terminei e já me deu uma vontade lascada de começar de novo.
sabe que eu tenho um problema sério com novelas assim, mais longas.
quando chega nos ultimos capítulos eu começo a "economizar" o livro, sabe?
leio duas péginas por dia, só.
não quero que acabe.
fico com saudade dos personagens.
o foco no ultimolivro das brumas, "O prisioneiro da árvore", é numa morgana muito louca querendo de qualquer forma que avalon fique na terra, o que não acontece, as brumas ficam cada vez mais espessas, as pessoas cada vez preferem mais a fé simples no cristo morto do que nos complicados deuses da antiguidade, a pasmaceira da paz conquistada pelo artur e seus amiguinhos torna-se enfadonha (num dado ponto os cavaleiros só se reunem pra relembrar os velhos tempos - de luta...)
sad, but true, a gente só dá valor pra coisa quando a gente não a tem.
ela desiste, na velhice chega até a notar como virgem Maria se parece com a grande mãe, e outras santas católicas lembram as outras faces da deusa celta, como tudo na vida se assemelha e no fim das contas, somos todos feitos de átomos iguaizinhos, sem tirar nem pôr.
A chama ao vento, quarto volume do Único e Eterno Rei termina com um Artur resignado, esperando seu próprio filho reunir seus soldados contra ele, envergonhado por seus próprios cavaleiros quando estes se juntam para não mais aceitar a traição de Guenever e Lancelote.
Um artur que numa noite em que se vê sozinho pensando nos ins and outs da guerra, se afinal de contas vale a pena ou não, resolve pedir pra um servente que não lute por ele, que se salve da guerra iminete e saia pelo mundo a fora contado a história de como aquele reizinho trouxe a paz ao seu reino por décadas (e como tudo foi destruído pela burrice do homem...)
T. H. White era um cara que desprezava a raça humana, diga-se.
ainda tem mais um volume.

Um comentário:

  1. Tati, você recomendaria que quem não sabe praticamente nada sobre o Rei Arthur leia essas coleções?

    ResponderExcluir

<< >>